Revista OrtodontiaSPO 2012 | V45N5 | Páginas: 515

Estudo prospectivo de movimentação dentária como recurso alternativo para aumento do rebordo alveolar

Prospective study of induced tooth movement as an alternative for bone ridge augmentation

  • Imprimir
  • Indique a um amigo

Autor(es):

João Marcos Pedro Rosa Junior*, Mariela Francisco Machado**, Edna Maria Daibert de Araujo Khoury***, Adilson Luiz Ramos****
*Especialista em Ortodontia - Profis/Bauru-SP; Mestre em Clínica Integrada - Universidade Estadual de Maringá/UEM. **Especialista em Implantodontia - Profis/Bauru-SP; Mestranda em Implantodontia - Universidade Federal de Santa Catarina/UFSC. ***Especialista em Ortodontia - AMO; Especialista em Ortopedia Funcional dos Maxilares - CFO. ****Professor associado do Departamento de Odontologia - Universidade Estadual de Maringá/UEM; Doutor em Ortodontia - Faculdade de Odontologia de Araraquara/Unesp.

Resumo:

A movimentação ortodôntica desloca conjuntamente o osso alveolar e o ligamento periodontal. A neoformação óssea ao longo do trajeto da movimentação dentária compreende uma das formas de recuperação do rebordo alveolar atrófico, preparando um sítio adequado para a instalação de implante e reabilitação protética. Este estudo prospectivo avaliou as dimensões do osso alveolar disponível para instalação de implantes e as alterações decorrentes da movimentação dentária induzida. Onze sítios de rebordo alveolar atrófico, de oito pacientes adultos, foram registrados antes e após a movimentação ortodôntica, com o objetivo de avaliar as quantidades de osso disponíveis para a instalação de implantes osteointegrados, utilizando-se exames de tomografia computadorizada de feixe cônico (TCFC). As dimensões iniciais e finais dos sítios receptores foram medidas em milímetros, em altura e em espessura, utilizando-se o programa i-CAT Vision. A dimensão transversal média do osso neoformado (espessura) foi de 6,97 mm. Não houve correlação significativa entre o diâmetro médio dentário e a espessura de osso neoformado (r = -0,18), enquanto a espessura da crista oposta ao movimento mostrou-se um excelente preditivo da largura estimada a ser formada (r = 0,92). Nas medidas verticais (altura), os resultados demonstraram haver uma planificação do rebordo alveolar, diminuindo a distância entre o mesmo e o plano oclusal de 11,36 mm para 7,76 mm, e um aumento da quantidade óssea disponível para instalação do implante osteointegrado em altura em 2,82 mm em média.

Unitermos:

Osso alveolar; Movimentação ortodôntica; Implante dentário; Aumento do rebordo alveolar.

Abstract:

Orthodontic movement moves together the alveolar bone and periodontal ligament. The bone formation along the path of tooth movement comprises a form of recovery of the atrophic alveolar ridge, preparing an appropriate site for installation of implants and prosthetic rehabilitation. This prospective study evaluated the dimensions of the alveolar bone available for implant placement and the changes resulting from induced tooth movement. Eleven sites of atrophic alveolar ridge in eight adult patients were recorded before and after orthodontic movement in order to assess the quantity of bone available for the installation of osseointegrated implants using computerized tomography cone beam (CBCT). The initial and final dimensions of receptor sites were measured in millimeters in height and thickness, using the i-CAT Vision. The average transverse dimension of the newly formed bone was 6.97 mm. There was no correlation between the average diameter and tooth thickness of newly formed bone (r = -0.18), while the thickness of the ridge opposite to the movement was found to be an excellent predictor of width estimated to be formed (r = 0.92). The measurements showed a vertical planning of the alveolar ridge, decreasing the distance between himself and the occlusal plane from 11.36 mm to 7.76 mm and increased the amount of bone height in 2.82 mm on average.

Keywords:

Alveolar bone; Orthodontic movement; Dental implant; Bone ridge augmentation.