Revista OrtodontiaSPO 2016 | V49N3 | Páginas: 217-22

Correlação das medidas transversais e verticais dos arcos dentários de pacientes com mordida aberta anterior

Correlation between transversal and vertical dental arches measurements in open bite patients

  • Imprimir
  • Indique a um amigo

Autor(es):

Daiara Pacheco1
Tatiane Bilci1
Thais Maria Freire Fernandes2
Paula Vanessa Pedron Oltramari Navarro2
Ana Cláudia de Castro Ferreira Conti3

1Alunas de especialização em Ortodontia – Universidade Norte do Paraná (Unopar).
2Professoras associadas de Ortodontia – Universidade Norte do Paraná (Unopar).
3Professora associada de Ortodontia – Universidade do Sagrado Coração.

Resumo:

O objetivo deste trabalho foi correlacionar as medidas transversais dos arcos dentários com a severidade da mordida aberta anterior em pacientes durante a dentadura mista. A amostra foi composta por 40 pacientes escolhidos aleatoriamente, de sete a dez anos, sendo 30 do sexo feminino e dez do sexo masculino, diagnosticados com mordida aberta anterior. A severidade da mordida aberta anterior e as distâncias intercaninos decíduos, intersegundos molares decíduos e interprimeiros molares permanentes dos arcos superiores e inferiores foram mensuradas em modelos de gesso, com o auxílio de um paquímetro digital, por um examinador previamente calibrado. O teste t pareado e a fórmula de Dalhberg foram empregados para calcular o erro sistemático e casual. O teste de correlação de Pearson foi utilizado para avaliar a associação entre as variáveis transversais e a severidade da mordida aberta anterior. Em todos os testes estatísticos, foi adotado um nível de significância de 5%. Os resultados indicaram correlação negativa entre a mordida aberta anterior e as medidas intercaninos decíduos superiores e intersegundos molares decíduos inferiores. Esses achados já eram esperados, uma vez que os fatores etiológicos que causam a mordida aberta anterior também atuam restringindo as dimensões transversais dos arcos dentários.

Unitermos:

Ortodontia; Má-oclusão; Mordida aberta anterior; Etiologia.

Abstract:

The aim of this work is to correlate the transversal measurements of the dental arch and the severity of the open bite. The sample comprised 40 patients chosen randomly, 7 to 10 years old, 30 girls and 10 boys, in the mixed dentition, presenting anterior open bite. The intercanines, intersecond deciduous molars and interfirst permanent molars width were measured in dental casts by one calibrated examiner, using a fine-pointed digital caliper. The paired t test and Dahlberg formula were applied to calculate systematic and casual errors. Pearson’s correlation test was used to assess the association between the transverse variables and the severity of the open bite. In all statistical tests, the significance level was set at 5%. A negative correlation was found between the severity of the open bite and the upper intercanines width, and the transverse measurements of the lower second deciduous molars. These findings were expected because the same etiological factors could cause open bite and the narrowing of the arches.

Keywords:

Orthodontics; Malocclusion; Anterior open bite; Etiology.