Revista OrtodontiaSPO 2017 | V50N3 | Páginas: 258-64

Avaliação dos espaços da naso e da orofaringe em jovens com dez anos de idade

Naso and oropharynx spaces evaluation in 10 years-old children patients

  • Imprimir
  • Indique a um amigo

Autor(es):

Rosana S. A. Garcia1
Vânia Célia Vieira de Siqueira2

1Mestra em Biologia Celular – Instituto de Biologia da Unicamp; Especialista em Ortodontia – Funorte.
2Professora doutora da disciplina de Ortodontia e coordenadora dos cursos de atualização e especialização em Ortodontia – FOP/Unicamp.

Resumo:

Objetivo: avaliar e quantificar as alterações dos espaços naso e orofaríngeos, e verificar a ocorrência de dimorfismo sexual. Material e métodos: esse estudo avaliou o desenvolvimento das vias aéreas superiores em 32 crianças, sendo 19 do sexo feminino e 13 do sexo masculino, com dez anos de idade, utilizando telerradiografias obtidas em norma lateral. Quatro medidas lineares foram avaliadas sobre o traçado cefalométrico: Pa-Pp e Su-In, para avaliar a nasofaringe; Oa-Op e Ma-Mp, para avaliar a orofaringe. Resultados: os valores para a medida Pa-Pp permaneceram em 16,6 mm para o sexo feminino, e em 16 mm para o sexo masculino. Os valores para a medida Su-In permaneceram em 10,3 mm e 10,6 mm, respectivamente, para os sexos feminino e masculino. Os valores para a medida Oa-Op permaneceram em 9,8 mm e 10,0 mm para os sexos feminino e masculino, respectivamente, e para a medida Ma-Mp permaneceram em 13,6 mm e 10,2 mm. Conclusão: a análise estatística indicou que as medidas de Pa-Pp e Su-In não apresentaram diferenças estatisticamente significantes entre si e entre os sexos, o mesmo ocorrendo com a medida de Oa-Op. Somente a medida de Ma-Mp para o sexo feminino apresentou-se estatisticamente significante, sendo maior do que para o sexo masculino.

Unitermos:

Vias aéreas superiores; Nasofaringe; Orofaringe; Dentição mista; Respiração.

Abstract:

Objective: the aim of this retrospective study was to evaluate and quantify the alterations of the naso and oropharynx spaces and verify the incidence of sexual dimorphism. Material and methods: this study evaluated the development of the upper airways in 32 children, 19 female and 13 male, through their cephalometric radiographs at 10 years of age. Four linear measurements were analyzed from the cefalometric tracing: Pa-Pp, Su-In to evaluate the nasopharynx and Oa-Op Ma-Mp to the oropharynx. Results: the values for Pa-Pp were female=16.6 mm and male=16 mm. The values for Su-In were 10.3 and 10.6 mm, for female and male respectively. The values for Oa-Op were 9.8 and 10 mm, respectively and the values for Ma-Mp were 13.6 and 10.2 mm, respectively. Conclusion: the statistical tests showed no statistically significant differences between the Pa-Pp and Su-In measurements for male and female young people, the same occurring with the Oa-Op measure. Only the Ma-Mp measure showed statistically significant for females, being higher for males.

Keywords:

Upper airway spaces; Oropharynx; Mixed dentition; Respiration.