Revista OrtodontiaSPO 2017 | V50N3 | Páginas: 266-71

Recursos contemporâneos direcionados à análise facial

Contemporary tools for facial analysis

  • Imprimir
  • Indique a um amigo

Autor(es):

Marlos Loiola1
Wendel Shibasaki1
Lucineide Lima2
Flavio Cotrim-Ferreira3
Cecilia Seixas4
Luiz Gonzaga Gandini Jr.5
Nayara Caldas6

1Doutorandos em Ciências Odontológicas/Ortodontia – Unesp Araraquara/SP.
2Doutoranda em Ciências Odontológicas/Ortodontia – Unopar Londrina/PR.
3Mestre em Ortodontia e doutor em Diagnóstico Bucal – Faculdade de Odontologia da USP; Professor associado dos cursos de graduação em Odontologia, especialização e mestrado em Ortodontia – Unicid; Editor científico – Revista OrtodontiaSPO.
4Mestranda em Ortodontia – Unopar; Professora do curso de especialização em Ortodontia – Iappem/Funorte.
5Doutor em Ortodontia e professor – Foar/Unesp; Pós-doutorado em Ortodontia e professor do Depto. de Ortodontia – Baylor College of Dentistry, Dallas/Texas, EUA; Professor do Depto. de Ortodontia – Saint Louis University, Saint Louis, EUA.
6Aluna do curso de especialização em Ortodontia – Iappem/Funorte.

Resumo:

O diagnóstico ortodôntico preciso é a chave para um planejamento de tratamento realista e, consequentemente, um resultado próximo do esperado. Muitos clínicos avaliam os contornos faciais, especialmente o perfil facial, para estabelecer metas para o tratamento ortodôntico através da utilização de fotografias extrabucais. No tratamento ortodôntico, tanto os tecidos moles como os duros do complexo craniofacial são importantes para o diagnóstico. Os exames convencionais são muito utilizados, através de avaliações clínicas e exames bidimensionais, como radiografias cefalométricas, panorâmicas e fotografias 2D. Contudo, a criação de novas tecnologias tridimensionais, como tomografias e scanners 3D, torna possível a obtenção de avaliações tridimensionais da face, refinando assim o planejamento ortodôntico ampliado pelas ferramentas de visualização dos tecidos moles.

Unitermos:

Análise facial; Ortodontia; Tomografia 3D; Scanners 3D.

Abstract:

Orthodontic diagnosis is necessary for a realistic treatment planning and consequently for a Predicted outcome. Many clinicians evaluate facial contours, especially the facial profile, to set orthodontic treatment goals using extraoral photographs. In orthodontic treatment, both the soft and hard tissues of the craniofacial complex are important for diagnosis. Conventional examinations of clinical evaluations and two-dimensional exams, such as cephalometric, panoramic and 2D photographs, are widely used. However, with the creation of new three-dimensional technologies such as 3D face scans and 3D tomography, it is now possible to obtain facial 3D views, thus refining orthodontic planning extended by soft tissue visualization tools.

Keywords:

Facial analysis; Orthodontics; 3D tomography; 3D face scans.