Revista OrtodontiaSPO 2017 | V50N5 | Páginas: 424-30

Tomografia computadorizada volumétrica: um novo protocolo para avaliar a maturação e ossificação da sutura intermaxilar de forma tridimensional e subjetiva

Cone-beam computed tomography: a new protocol to evaluate the midpalatal suture maturation and ossification in a subjective and 3D way

  • Imprimir
  • Indique a um amigo

Autor(es):

Mauricio Barriviera1
Bruno Lima Minervino2
Marcelo de Morais Curado3
Luiz Gonzaga Gandini Jr.4
Wagner Rodrigues Duarte5

1Doutor em Odontologia, Depto. de Odontologia – Faculdade de Ciências da Saúde, Universidade de Brasília (UNB).
2Doutorando e mestre em Ortodontia, Depto. de Ortodontia e Pediatria – Faculdade de Odontologia, Universidade Estadual Paulista (Unesp); Professor de Ortodontia – Faculdade de Odontologia do Planalto Central (Faciplac).
3Mestre e especialista em Ortodontia – Faculdade São Leopoldo Mandic; Professor de Ortodontia Aplicada à Fonoaudiologia – Centro Universitário Planalto do Distrito Federal (Uniplan).
4Doutor em Ortodontia e professor livre-docente, Depto. de Ortodontia e Pediatria – Faculdade de Odontologia, Universidade Estadual Paulista (Unesp); Professor adjunto clínico – Saint Louis University (SLU), EUA.
5Professor adjunto clínico, Depto. de Periodontia – Faculdade de Odontologia da Universidade da Flórida (UF), EUA.

Resumo:

Um novo protocolo é utilizado para identificar a sutura palatina mediana, por meio de tomografia computadorizada de feixe cônico (TCFC). Através do método, pretende-se avaliar o estágio de maturação sutural em indivíduos que estão fora do crescimento e, assim, clarificar o prognóstico em pacientes que necessitam da expansão rápida da maxila, definindo a necessidade de cirurgia ou não. Uma paciente com 22 anos de idade, com indicação de expansão, foi submetida à tomografia computadorizada. Utilizou-se o tomógrafo Prexion (3D Elite, Japão) com tubo de 90 Kv e 4 mA, ponto focal de 0,2 mm, voxel de 0,09 mm, tempo de aquisição de 37 segundos e FOV de 5 x 5 cm (high resolution), que realizou as imagens através do software E-VOL (e-Vol DX, CDT Consultoria Ltda., Brasil). As imagens de alta resolução permitem uma visualização precisa do grau de maturação da sutura palatina nos planos axial e coronal, bem como na reconstrução das imagens tridimensionais. Este protocolo pode ser útil para ortodontistas e cirurgiões, com a finalidade de avaliar individualmente a sutura palatina e permitir planejar a abordagem mais apropriada de expansão maxilar para seus pacientes.

Unitermos:

Expansão rápida maxilar (ERM); Marpe; Avaliação tomográfica sutural; Discrepâncias transversais em adultos.

Abstract:

In the present report, a new protocol to identify the midpalatal suture by limited-field cone-beam computed tomography (CBCT) was utilized. The objective of this protocol was to individually evaluate the maturation of the midpalatal suture in patients outside the growth curve, and therefore determine the need for a rapid maxillary expansion assisted or not by a surgical procedure. CBCT images were acquired for diagnostic purposes from a 22 year-old female patient with indication for maxillary expansion. A Prexion CBCT System (3D Elite, Japan) with an output of 90 Kv and 4 mA, a focal spot of 0.2 mm, a voxel size of 0.09 mm, with an acquisition time of 37 s and a FOV size of 5 x 5 cm (high resolution mode) was utilized. The acquired images were analyzed by the E-VOL software (e-Vol DX, CDT Consultoria Ltda., Brazil). The high resolution images allow a precise visualization of the degree of maturation of the midpalatal suture in the axial and coronal orientations as well as in the three-dimensionally reconstructed images. This protocol may be helpful for orthodontists and oral surgeons to analyze individually the midpalatal suture and to plan the most appropriate maxillary expansion approach for their patients.

Keywords:

Rapid maxillary expansion (RME); Marpe; Sutural tomographic evaluation; Transversal discrepancies in adults.