Revista OrtodontiaSPO 2017 | V50N5 | Páginas: 442-9

Análise de arcos dentais de pacientes com fissura labiopalatina unilateral completa através da metodologia do Brasil Cleft

Analysis of dental arches of patients with complete unilateral cleft lip and palate through Brazil Cleft methodology

  • Imprimir
  • Indique a um amigo

Autor(es):

Maíra Massuia de Souza1
Raurício Vital Mendes2
Aline de Sousa Paiva3
Sthefany Lima de Macêdo3
Lêonilson Gaião4

1Professora das disciplinas de Ortodontia e Clínica Integrada Infantil – DeVry/Facimp; Membro do Centrinho Imperatriz; Graduada em Odontologia – Forp/USP; Mestra em Ortodontia e Ortopedia facial – PUCRS.
2Cirurgião-dentista – DeVry/Facimp; Membro do Centrinho Imperatriz.
3Cirurgiãs-dentistas – DeVry/Facimp.
4Professor das disciplinas de Cirurgia e Implantodontia – DeVry/Facimp; Membro do Centrinho Imperatriz; Doutor em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial – PUCRS.

Resumo:

Introdução: diferentes graus de má-oclusão estão presentes nos portadores de fissura labiopalatina (FLP) e implicam em complexidades equivalentes de tratamento. O Brasil Cleft é uma força-tarefa com metodologias padronizadas para o diagnóstico, com o intuito de sistematizar a coleta e análise de resultados pós-intervenção primária na FLP, visando à integração dos serviços brasileiros na área e a otimização dos protocolos de tratamento. Objetivo: classificar os modelos de gesso de acordo a metodologia de análise interarcos utilizada pelo Brasil Cleft em pacientes com FLP unilateral completa. Metodologia: este trabalho caracterizou-se como um estudo observacional descritivo retrospectivo. A amostra foi composta por 25 modelos de gesso de portadores de fissura transforâmen incisivo unilateral completa, dos arquivos da Unidade Ambulatorial do Centrinho Imperatriz (MA), Brasil. Os pacientes selecionados foram submetidos às cirurgias reparadoras primárias, sem tratamento ortodôntico prévio. Empregou-se o Índice de Goslon, classificando-os em escores de 1 a 5, conforme a complexidade da má-oclusão. Resultados: a) nove (36%) eram do sexo feminino e 16 (54%) eram do sexo masculino; b) a média de idade foi de 119 meses (nove anos, 11 meses), sendo a mínima registada de 62 meses (cinco anos, dois meses) e a máxima de 214 meses (17 anos, dez meses); c) foram encontradas as seguintes frequências: escore 1 – nove casos; escore 2 – oito casos; escore 3 – quatro casos; escore 4 – três casos; e escore 5 – um caso. Conclusão: na amostra selecionada, houve o predomínio de modelos classificados com más-oclusões de menor complexidade.

Unitermos:

Lábio leporino; Fenda palatina; Cirurgia maxilofacial; Desenvolvimento maxilofacial.

Abstract:

Introduction: different degrees of malocclusion are present in patients with cleft lip and palate (CLP) and imply equivalent complexities of treatment. The Brazil Cleft is a task force with standardized methodologies for diagnosis aiming to systematize the collection and analysis of primary post-intervention results in FLP, to integrate the Brazilian services in the area and the optimization of treatment protocols. Objective: this study aimed to classify the plaster models, according to interarch analysis methodology used by Brazil Cleft in patients with complete unilateral FLP. Methodology: this study is characterized as descriptive retrospective observational study. The sample consisted of 14 dental casts of patients with complete unilateral cleft lip and palate, the archives of the Outpatient Unit Centrinho Imperatriz (MA), Brazil. The selected patients were submitted to primary reconstructive surgeries without previous orthodontic treatment. For this, the Goslon Index was applied, ranking them in scores from 1 to 5, according to the complexity of malocclusion. Results: the sample of was composed of 9 (36%) female and 16 (54%) male patients; the mean age was 119 months (9 yrs, 11 mo) with a range from 62 mo (5 yrs 2 mo) to 214 mo (17 yrs, 10 mo); c) the following frequencies were found: score 1 – 9 cases; score 2 – 8 cases; score 3 – 4 cases; score 4 – 3 cases; and score 5 – 1 case. Conclusion: models classified as malocclusions of less complexity were the most prevalent in the sample studied.

Keywords:

Cleft lip; Cleft palate; Maxillofacial surgery; Maxillofacial development.