Revista OrtodontiaSPO 2017 | V50N6 | Páginas: 552-61

Avaliação da movimentação do primeiro molar superior quando submetido à força extrabucal: análise com elementos finitos

First maxillary molar movement evaluation during use of headgear forces: a finite element analysis

  • Imprimir
  • Indique a um amigo

Autor(es):

Marcelo Xavier de Oliveira1
Daniel Santos Fonseca Figueiredo2
Vania Célia Vieira de Siqueira3

1Mestre em Ortodontia – PUC-Minas; Professor do curso de especialização em Ortodontia – Univale-GV.
2Especialista e mestre em Ortodontia, e doutorando em Clínicas Odontológicas – PUC-Minas.
3Professora doutora da disciplina de Ortodontia do Depto. de Odontologia Infantil e coordenadora dos cursos de atualização e especialização em Ortodontia – FOP/Unicamp.

Resumo:

Objetivo: avaliar, pelo método de elementos finitos, a movimentação dos primeiros molares permanentes superiores durante a ação da força extrabucal parietal, verificando as possíveis áreas de acúmulo de força na estrutura dentária. Material e métodos: com base em imagens obtidas a partir do exame de tomografia computadorizada de um paciente de dez anos de idade, do sexo masculino e com dentição mista, desenvolveu-se um modelo virtual da maxila com os primeiros molares permanentes superiores, apresentando uma malha com 83.228 elementos e 33.073 nós. Foram aplicadas 350 g de força (3,4 N) a estes dentes, simulando a condição clínica do uso do AEB parietal. Resultados: nos primeiros molares permanentes superiores, foram observados movimentos de intrusão e translação, bem como acúmulo de tensão na região da trifurcação, especialmente no centro de resistência (Cres). Conclusão: os dados coletados permitiram a validação de achados prévios, confirmando a ocorrência da translação, intrusão e acúmulo de tensão na trifurcação, quando da aplicação de força passando pelo Cres dos primeiros molares superiores.

Unitermos:

Molares superiores; Aparelho extrabucal; Elementos finitos.

Abstract:

Objective: evaluation of first permanent upper molars distalization during the action of high-pull headgear forces to verify the stress and strain fields as well the trend of tooth movement using finite element method. Material and methods: for this purpose one virtual model of the maxilla was created based on CT images from a male patient, 10 years of age and in mixed dentition, with the upper first permanent molars showed the mesh with 83.228 elements and 33.073 nodes. Force of 3.4 N was applied in the center of resistance of this tooth, in order to simulate the use of high-pull headgear. Results: the results showed distal bodily movement, intrusion, and a zone of accumulated stress in the area of trifurcation especially in the resistance center. Conclusion: collected data confirmed previous finds and show a zone of accumulated stress in the center of resistance when forces are applied to simulate the treatment with high-pull headgear.

Keywords:

Maxillary molars; Headgear appliances; Finite elements.