Revista OrtodontiaSPO 2018 | V51N3 | Páginas: 326-31

Avaliação da aplicabilidade da análise de McNamara em pacientes com face longa submetidos ao tratamento ortodôntico cirúrgico

Evaluation of the McNamara analysis applicability in patients with long face under surgical orthodontic treatment

  • Imprimir
  • Indique a um amigo

Autor(es):

Carla Maria Melleiro Gimenez1
Keylla Dayanne Coelho Marinho de Melo2
Francisco Antonio Bertoz3
Flávio Venícius Alves Silva4
Andreia Moreira de Souza5
Milena Rodrigues6
Tatianna Miranda Cabral Ferreira7

1Doutorado em Odontologia pela Faculdade de Odontologia de Araçatuba – Unesp; Professora do Instituto de Pós-graduação em Odontologia da Paraíba.
2Doutoranda em Ciências da Saúde pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN; Especialista em Ortodontia pelo Instituto de Pós-graduação em Odontologia da Paraíba.
3Doutorado em Odontologia e professor titular pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.
4Mestre em Ortodontia pela Uniararas/SP; Especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial pela Sociedade Paulista de Ortodontia – SPO; Coordenador do curso de especialização em Ortodontia da Faculdade de Odontologia do Recife.
5Doutorado em Ortodontia pela Faculdade de Odontologia São Leopoldo Mandic; Professora do Instituto de Pós-graduação em Odontologia da Paraíba.
6Especialista em Ortodontia pela Universidade de Barretos.
7Mestre e especialista em Ortodontia e Ortopedia Facial pela Uniararas/SP; Coordenadora do curso de especialização em Ortodontia do Instituto de Pós-graduação em Odontologia da Paraíba.

Resumo:

Introdução: a face longa é comumente observada em pacientes classe II e a análise cefalométrica de McNamara é eficiente para avaliação e auxílio no planejamento. Objetivo: o propósito deste trabalho foi verificar se os resultados pós-cirúrgicos de pacientes com padrão face longa condizem com os padrões descritos na análise cefalométrica de McNamara. Material e métodos: para este estudo de caso, 32 telerradiografias pós-cirúrgicas, com um mínimo de seis meses de acompanhamento, foram submetidas a traçado manual e digitalização no programa DFPlus para análise cefalométrica. Os traçados digitalizados foram submetidos à análise de McNamara para comparação da fase pós-cirúrgica com a norma padrão dessa análise. Os dados em análise foram submetidos ao teste estatístico de variância, com nível de significância a 5%. Resultados: ocorreram alterações estatisticamente significantes no comprimento efetivo da mandíbula, ângulo do eixo facial e pogônio à linha N-perp. Conclusões: a análise de McNamara não pôde ser considerada exata em todos os casos, sendo necessária a individualização e cuidado na interpretação de sua proposição.

Unitermos:

Análise de MacNamara; Análise facial; Análise cefalométrica.

Abstract:

Introduction: the long face is commonly observed in class II patients, being the best treatment approach option the combination of orthodontic procedures with orthognathic surgery. The McNamara cephalometric analysis is effective for evaluation and assistance in planning as well as for the evaluation of results and stability. Materials and methods: 32 post-surgical radiographs, with a minimum of 6 months follow-up, were subjected to manual tracing and scanning by DFPlus software for cephalometric analysis. Results: there were statistically significant changes relatives to the effective length of the mandible, facial axis angle, and the measurement pogonion to N-perp line. Conclusions: the McNamara analysis, although represents an important diagnosis and planning tool for orthodontic-surgical treatment cannot be considered exact in all cases, individualization and care is necessary in the interpretation of its proposal.

Keywords:

McNamara’s analysis; Facial analysis; Cephalometric analysis.