Revista OrtodontiaSPO 2018 | V51N3 | Páginas: 352-4

Braquetes autoligáveis x convencionais: considerações atuais

Self-ligating x convencional brackets: current considerations

  • Imprimir
  • Indique a um amigo

Autor(es):

André Felipe Abrão1

1Mestre e doutor em Ortodontia – Fousp; Especialista em Ortodontia – Fundecto (USP); Professor da Unip Campinas e do Cetao.

Resumo:

Os braquetes autoligáveis foram desenvolvidos para melhorar a eficácia clínica e tornaram-se parte da rotina ortodôntica. Forças leves e fricção reduzida são desejadas na movimentação ortodôntica. Ortodontistas e pacientes têm interesse na redução de tempo e de dor no tratamento ortodôntico. As supostas vantagens dos fabricantes são: menor duração do tratamento, mudanças, como expansão na arcada dentária, controle de torque nos casos dos braquetes autoligáveis ativos, rapidez no fechamento de espaços, eficiência na manipulação, menor desconforto em relação à dor, menor índice de reabsorção radicular devido às forças leves e melhores condições de higienização, já que não possui ligaduras elásticas, o que facilitaria o acúmulo de placa bacteriana. O objetivo deste estudo é demonstrar um comparativo entre as vantagens descritas pelos fabricantes, com evidências científicas e experiência profissional para confirmar se é justificada a substituição total do sistema convencional pelo autoligável. Ainda não há evidência científica suficiente para suportar a ideia da substituição total dos sistemas.

Unitermos:

Braquetes ortodônticos; Atrito dentário; Fricção.

Abstract:

Self-ligating brackets were developed to improve clinical efficacy and have become part of the orthodontic routine. Light forces and reduced friction are desired in orthodontic movement. Orthodontists and patients are interested in reducing time and pain in orthodontic treatment. The presumed advantages of the manufacturers are: shorter treatment duration, changes such as expansion in the dental arch, torque control in cases of active selfligating brackets, speed in space closure, manipulation efficiency, less discomfort in relation to pain, lower resorption index radicular because of the light forces and provides better sanitation conditions, since it does not have elastic ligatures, which would facilitate the accumulation of bacterial plaque. The objective of this study is to demonstrate a comparison between the advantages described by the manufacturers, with scientific evidence and professional experience to confirm if the total substitution of the conventional system by the self-ligating system is justified. There is still insufficient scientific evidence to support the idea of total system replacement.

Keywords:

Orthodontic brackets; Tooth attrition; Friction.