Revista OrtodontiaSPO 2018 | V51N4 | Páginas: 428-32

Escala de distúrbio do sono em crianças pré e pós-expansão rápida da maxila

Sleep disturbance scale in children pre and post rapid maxillary expansion

  • Imprimir
  • Indique a um amigo

Autor(es):

Renata Feres1
Marco Antonio Feres2
João M. Baptista3
Claudinéia Ramos4
Letícia Cruz Lopes5

1Professora do curso de pós-graduação em Ortodontia – UFPR; Doutora em Odontologia Clínica – Universidade Positivo.
2Professor da disciplina de Ortodontia e doutor em Ortodontia – UFPR.
3Professor convidado do curso de pós-graduação em Ortodontia – UFPR.
4Especialista em Ortodontia – UFPR.
5Aluna do curso de especialização em Ortodontia – UFPR.

Resumo:

O efeito da expansão rápida da maxila (ERM) na morfologia e função nasal tem sido avaliado há mais de um século. Ao longo dos anos, diversos trabalhos têm demonstrado que este tratamento ocasiona mudanças na dimensão transversal da maxila e da cavidade nasal, resultando na melhora da respiração durante o dia e durante a noite. O objetivo deste trabalho foi verificar, por meio de um questionário, se existe diferença nos distúrbios do sono antes e após a ERM em crianças. O questionário “escala de distúrbios do sono em crianças” (EDSC) foi utilizado no período pré e pós-ERM de 29 pacientes com idade entre 7 e 14 anos, com necessidade de correção transversal da arcada superior, tratados no curso de especialização em Ortodontia da UFPR. Os resultados mostraram que houve diferença na escala após o tratamento ortodôntico nos itens relacionados às horas de sono, resistência em ir para a cama dormir e dificuldades em adormecer novamente. Com base nisso, confirmou-se novamente a importância do tratamento da atresia maxilar e seu impacto na qualidade de vida das crianças.

Unitermos:

Expansão maxilar; Apneia obstrutiva do sono; Aparelhos ortodônticos.

Abstract:

The effect of rapid maxillary expansion (RME) on nasal morphology and function has been evaluated for more than a century. Over the years several studies have shown that this treatment causes changes in the transverse dimension of the maxilla and nasal cavity, resulting in improved breathing during the day and also at night. The goal of this study was verify by means of a questionnaire whether there is difference in sleep disorders before and after rapid expansion of the maxilla in children. For this purpose, the “scale of disturbances of sleep in children” (EDSC) was used in the pre and post RME period of 29 patients aged 7 to 14 years with a need for transversal correction of the upper arch, treated at the post graduate program in Orthodontics of UFPR. The results showed that there was difference in the scale after the orthodontic treatment in the items related to the hours of sleep, resistance in going to bed to sleep and difficulties in falling asleep again. Based on this, the importance of the treatment of maxillary atresia and its impact on children’s quality of life is again confirmed.

Keywords:

Maxillary expansion; Obstructive sleep apnea; Orthodontic appliances.