Revista OrtodontiaSPO 2018 | V51N5 | Páginas: 578-84

Código aberto na Ortodontia – era só o que me faltava!

Open-source in Orthodontics – that's all I need!

  • Imprimir
  • Indique a um amigo

Autor(es):

Wendel Shibasaki1
Marlos Loiola1
Cícero Moraes2
Lucineide Lima3
Maria Cecília Seixas Vieira3
Luiz Gonzaga Gandini Junior4
Flavio Cotrim-Ferreira5

1Alunos do programa de pós-graduação em Ciências Odontológicas – Unesp Araraquara.
2Designer gráfico independente, Sinop/MT.
3Alunas do programa de pós-graduação em Odontologia – Unopar.
4Doutor em Ortodontia e professor – Foar/Unesp; Pós-doutorado em Ortodontia e professor do Depto. de Ortodontia – Baylor College of Dentistry, Dallas/EUA; Professor do Depto. de Ortodontia – Saint Louis University, Saint Louis/EUA.
5Mestre em Ortodontia e doutor em Diagnóstico Bucal – Fousp; Professor associado dos cursos de graduação em Odontologia, especialização e mestrado em Ortodontia – Instituto Vellini/Uniararas.

Resumo:

Digitalizar o fluxo de trabalho do consultório tem sido o objetivo de muitos ortodontistas e uma tendência global. Além do diagnóstico, que pode ser feito no mundo virtual, o ortodontista também necessita confeccionar aparelhos sobre os modelos de estudos ou ainda movimentar os dentes do modelo, reposicionando-os na sua posição ideal (setup). Materializar os modelos se tornou possível desde a introdução de impressoras 3D com boa relação custo-benefício no mercado, fazendo com que as grandes empresas perdessem a exclusividade desse processo. No entanto, a manipulação dos modelos ainda é um obstáculo para a maioria dos ortodontistas que consideram os softwares disponíveis muito caros e, muitas vezes, não atendem às suas necessidades. A iniciativa de desenvolvimento em código aberto tem modificado o cenário e, através do compartilhamento de conhecimento, tem gerado programas funcionais e customizados para as demandas específicas de cada segmento profissional. Este artigo se propôs a apresentar uma ferramenta gratuita e de código aberto para uso na Ortodontia e cirurgia ortognática, e discutir a influência que a iniciativa de softwares de código aberto pode ter sobre a rotina do ortodontista contemporâneo.

Unitermos:

Odontologia digital; Software de código aberto; Ortodontia; Movimento dos dentes; Simulação.

Abstract:

The development of a digital workflow has been the goal of many orthodontists and a global trend in the dental practice. In addition to the diagnosis, which can be done in the virtual world, the orthodontist also needs to make devices over or to move the teeth on the study models, repositioning them in their ideal position (setup). Model materialization has been possible since the introduction of cost-effective 3D printers in the market, causing large companies to lose their exclusivity of this process. However, the manipulation of the models is still an obstacle for most orthodontists who consider available software very expensive and often do not meet their needs. The open source development initiative has modified the scenario and, through the sharing of knowledge, has generated functional and customized programs for the specific demands of each professional segment. This article aims to present a free and open source tool for orthodontics and orthognathic surgery, and discuss the influence that this software initiative can have on the routine of the contemporary orthodontist.

Keywords:

Digital dentistry; Open source software; Orthodontics; Teeth movement; Simulation.