Revista OrtodontiaSPO 2019 | V52N3 | Páginas: 306 - 313

Eletrodiagnóstico para análise da função nervosa periférica para inferências sobre a mastigação em Ortodontia: estudo preliminar de viabilidade em série de casos

Electrodiagnosis of peripheral neural function for the evaluation of mastication in orthodontics: a viability study of a series of cases

  • Imprimir
  • Indique a um amigo

Autor(es):

 

 

Francine Olivi Gonzaga1
Márcia Maciel2
Emerson Fachin-Martins3
Jorge Luís Lopes Zered4

1Especialista em Prótese Dentária – Faculdade de Patos de Minas; Especialista em Bioética – Universidade de Brasília; Especialista em Dentística Restauradora – Universidade Federal de Uberlândia.
2Doutoranda pelo programa de pós-graduação em Ciências e Tecnologias em Saúde (PPGCTS) – Faculdade de Ceilândia, Universidade de Brasília; Especialista em Ortopedia Funcional dos Maxilares – Conselho Federal de Odontologia.
3Professor permanente nos programas de pós-graduação em Ciências e Tecnologias em Saúde (PPGCTS), e em Ciências da Reabilitação (PPGCR) – Faculdade de Ceilândia; Professor colaborador no mestrado profissionalizante em Rede Nacional para Núcleos de Inovação Tecnológica (Profnit) – Universidade de Brasília; Fisioterapeuta e doutor em Neurociências e Comportamento – Universidade de São Paulo.
4Professor permanente nos programas de pós-graduação em Ciências e Tecnologias em Saúde (PPGCTS) – Faculdade de Ceilândia; Professor em Ciências da Saúde (PPGCS) – Faculdade de Ciências da Saúde, Universidade de Brasília; Doutor em Ortodontia – Tokyo Medical and Dental University.

Resumo:

Testes sensitivos e o motor quantitativo, de rápida e fácil aplicação, seriam úteis para avaliar a função do nervo mandibular e músculo masseter para análise da mastigação nas condições odontológicas. Assim, o presente estudo tem por objetivo fazer uma análise preliminar da possibilidade de métodos eletrodiagnósticos, já comumente empregados em diagnósticos fisioterapêuticos, serem também aplicados nos odontológicos. Os valores do limiar sensibilidade (T) e tempo de resposta (L) aos estímulos elétricos por ondas sensoriais em diferentes frequências (2.000 Hz, 250 Hz e5 Hz), bem como valores de reobase e cronaxia, foram explorados em uma série de cinco casos. As variáveis sensoriais foram obtidas por estimulação na região do mento bilateralmente, enquanto a reobase e cronaxia foram calculadas pela estimulação, também bilateral, dos músculos masseteres. Resultados: os participantes recrutados foram, predominantemente, do sexo feminino e a idade deles variou entre 21 e 50 anos. No eletrodiagnóstico sensorial, obtivemos um limiar de sensibilidade significativamente maior para frequências mais altas (2.000 Hz) quando comparado às outras frequências, e nenhuma diferença significativa no tempo de reação. No eletrodiagnóstico de estímulo motor não houve diferenças entre o lado esquerdo e o direito. Estes resultados estão próximos ao esperado para a região estudada. Conclusão: o estudo preliminar se mostrou viável para produzir variáveis para análise da função nervosa periférica (sensorial e motora), que poderia ser aplicada para diagnóstico no tratamento odontológico.

Unitermos:

Músculos da mastigação; Limiar sensibilidade; Tempo de resposta; Avaliação de fibras nervosas; Eletrodiagnóstico.

Abstract:

We seek to develop a quick and easy approach for a quantitative sensory-motor evaluation of the mandibular nerve and the masseter muscle and analysis of mastication in dentistry. Therefore, in the present study, we aimed at doing a preliminary evaluation of electrodiagnostic techniques often used for physical therapy for dental use. Variables of sensory perceptual threshold (T) and period of latency (L) to electrical senoidal-wave stimulation at different frequencies (2000 Hz, 250 Hz, and 5 Hz), as well as parameters of motor function, rheobase and chronaxie, were tested in a group 5 participants. Sensory stimulation was applied on the mental region bilaterally, and motor stimulation was applied to the masseter muscles. Results: the participants were predominantly female with an age range of 21 to 50 years. The electrodiagnosis of sensory function showed a greater perceptual threshold at 2000 Hz when compared to lower frequencies, no differences were found in the period of latency between stimulation frequencies. The electrodiagnosis of motor function showed no differences in rheobase or chronaxie between the left and right masseters. Conclusion: this preliminary study indicated the applicability of specific variables of peripheral sensory-motor function for diagnostic purposes in dentistry.

Keywords:

Masticatory muscles; Sensory threshold; Period of latency; Neuronal evaluation; Electrodiagnosis.