Publicado em: 29/05/2018 às 12h40

Bons tempos

Em seu editorial, Jairo Corrêa exalta a importância da revista OrtodontiaSPO e do congresso Orto 2018-SPO, que se tornam marcos preciosos nas conquistas da especialidade.

  • Imprimir
  • Indique a um amigo

O prosador escreveu que “não é bom se prender ao passado, contudo, olhar para trás nos faz lembrar que pretendemos voltar aos bons tempos”. Na verdade, os bons tempos são retratos iniciais da história que carrega a própria Sociedade Paulista de Ortodontia (SPO), grande responsável pelas estrelas supremas da ciência e arte de Angle e Korkhaus. Não só os seus marcantes eventos, mas muito mais pelas edições constantes e categóricas do seu veículo divulgativo, hoje sob a égide de revista OrtodontiaSPO. Fincada em publicar trabalhos de estudos profundos e pesquisas seguras, continua no caminho para favorecer o bom atendimento dos especialistas nos respectivos segmentos.

No editorial que redigi em 1970, relatei que os resultados colhidos no I Congresso de Ortodontia foram unânimes consagradores, razões do lançamento do segundo congresso com as presenças dos maiores daquela época: Renfroe, Korkhaus, Merrifield, Santini, Perry, Otáno, Ringenberg, Willians e muitas outras expressivas figuras.

O tempo passou célere, contudo mostra com expressividade que tanto os congressos da SPO, como as publicações do periódico dotado de ciência pura, assinadas por estudiosos, pesquisadores e mestres inabaláveis, são corações cheios de estrelas. As filosofias e técnicas mostram cenários com arcos e braquetes coloridos, aparelhos autoligáveis, ortotécnicos funcionais e invisíveis, espelhos iniciados em 1968, com marcas exuberantes nos caminhos percorridos. A última edição da OrtodontiaSPO e os próximos congressos Orto 2018-SPO e OrtoNews, sem contestação, representam os bons tempos, pensando unicamente em servir com classe a comunidade que nos cerca.

Tudo tem seu início, mas ninguém segura a evolução que leva ao progresso pleno e absoluto. Ontem, a lua era sentida para composições musicais, poéticas e telas encantadoras. Hoje, o homem esteve presente, fincou bandeiras e por que não dizer: está preparando, com segurança, viagens interplanetárias com ônibus espaciais. Não vamos nos prender ao passado, senão aceitá-lo como suporte das grandes conquistas.

As edições da revista OrtodontiaSPO e do Orto 2018-SPO, em setembro próximo, como formas de comunicação e interação, cumprirão com os seus destinos, tornando-se marcos preciosos nas conquistas da Ortodontia e da Ortopedia Funcional dos Maxilares.

 

 

Jairo Corrêa

Presidente da SPO