Publicado em: 04/12/2018 às 10h09

Cirurgia guiada com implantes cônicos

O desenvolvimento da cirurgia guiada para a instalação de implantes cônicos é mais um passo em direção aos ensinamentos do Prof. P-I Brånemark.

  • Imprimir
  • Indique a um amigo


É fato que a Odontologia Digital está conseguindo suprir as necessidades tanto dos pacientes quanto dos clínicos, que buscam tratamentos menos invasivos e capazes de unir previsibilidade, recuperação mais rápida e resultados eficientes e longevos.

Nesse sentido, a Implacil De Bortoli associou de forma competente a sua experiência como pioneira do implante osseointegrado no Brasil à expertise de mais de uma década da empresa Bioparts em cirurgia guiada. Dessa parceria, surgiu uma solução de excelência que será abordada neste fascículo da série Boas escolhas – Implacil De Bortoli: a cirurgia guiada para a instalação de implantes cônicos.

Acompanhe os relatos de desempenho da linha de implantes cone-morse Due Cone e do kit cirúrgico Raptor, quando aliados ao planejamento virtual com o software DentalSlice.
 

Nilton De Bortoli Jr.
Diretor científico da Implacil De Bortoli



Otimizando resultados

Imortalizada pelo Prof. P-I Brånemark, a frase “less is more” tornou-se uma cultura inquestionável para quem atua na área de Reabilitação Oral. O desenvolvimento da cirurgia guiada para a instalação de implantes cônicos é mais um passo em direção aos ensinamentos do nosso mestre.


Com a alta demanda por técnicas minimamente invasivas e que ofereçam previsibilidade e ótimo resultado, os clínicos ganham mais um aliado: a possibilidade de unir a cirurgia guiada à instalação de implantes cônicos.

Segundo Paulo Cesar da Cruz, especialista em Implantodontia, tanto o profissional quanto o paciente são beneficiados, uma vez que não há incisão cirúrgica, descolamento do tecido mucoperiostal e sutura, o que resulta em um pós-operatório com pouca dor, sem edema e sem sangramento. Além disso, haverá o posicionamento perfeito do implante para a confecção da prótese. “Os implantes cônicos também oferecem uma série de vantagens, como: usar menos brocas na perfuração (causando menor trauma ao osso), facilidade de inserção, ótima estabilidade primária (mesmo em osso mais macio) e melhor distribuição de cargas durante a mastigação, que se traduz na melhor manutenção do osso ao redor do implante”, acrescenta.

Em outras palavras, ao aliar uma cirurgia minimamente invasiva, caracterizada pelo excelente trans e pós-operatório, e perfeito posicionamento 3D dos implantes, com os fatores positivos dos implantes cônicos na obtenção de maior estabilidade primária, maior contato osso/implante e melhor distribuição mecânica da carga que incide sobre o implante, haverá como resultado um elevado índice de sucesso e longevidade das reabilitações protéticas sobre implantes.


PONTOS POSITIVOS

As qualidades do implante cônico já eram conhecidas, bem como as melhorias de planejamento da cirurgia guiada. Porém, devido a detalhes de anatomia das brocas e dos implantes, havia uma dificuldade para fazer o sistema ser 100% guiado. “Com as experiências acumuladas, tanto da Bioparts com cirurgia guiada quanto da Implacil De Bortoli com implantes cônicos, conseguimos desenvolver um sistema completo e sobrepor os desafi os técnicos de kit, guias e soft ware. Hoje, temos certeza de que, com o DentalSlice, o kit Raptor Implacil De Bortoli e os implantes cônicos da Implacil De Bortoli, as indicações para cirurgia guiada são quase as mesmas da cirurgia aberta, limitadas apenas pela experiência do cirurgião”, afirma Cesar Oleskovicz, mestre em Biotecnologia.

A cirurgia guiada com implantes cônicos é indicada para todos os casos com altura e espessura óssea suficientes para a inserção dos implantes, desde unitários até tratamentos de maxila ou mandíbula total. Sendo assim, esse procedimento não deve ser realizado quando a disponibilidade óssea for insuficiente para a colocação dos implantes ou quando há falta de espaço na região posterior, já que as brocas do sistema guiado são mais longas do que as da cirurgia convencional.

Para Antonio Abrunedo Illanes, especialista em Implantodontia, o implante cônico permite reabilitar sem a necessidade de enxertos ósseos prévios, o que seria obrigatório no caso dos cilíndricos. “O preparo do paciente para o planejamento é simples, rápido e econômico, com protocolo de moldagem para casos parcialmente edêntulos e protocolo da marcação da prótese total para os totalmente edêntulos”, argumenta.

Paulo Cruz reforça que é fundamental um bom preparo do paciente, com moldagens precisas e marcações adequadas com material radiopaco, quando são utilizadas próteses móveis, para capturar as imagens tomográficas, que devem ser bem definidas e de alta qualidade. Também é muito importante o uso correto do kit cirúrgico e a sequência de brocas, seguindo o passo a passo para executar com perfeição a cirurgia.

Como o preparo do paciente deve sempre ter em vista a reabilitação protética futura e a qualidade e quantidade óssea, Cesar Oleskovicz sugere o sistema da moldagem com silicone radiopaco Silix, da Bioparts, que permite a visualização futura da prótese provada em boca, e o DentalSlice, que possibilita a avaliação óssea com precisão. Já o kit Raptor Implacil De Bortoli e o guia vão replicar esse planejamento durante a cirurgia. “Isso é o planejamento reverso levado ao estado da arte”, diz.


RESULTADOS OBTIDOS

O uso de bons materiais é essencial em qualquer cirurgia de colocação de implantes, e na cirurgia guiada não é diferente. Para Paulo Cruz, o kit Raptor Implacil De Bortoli é bem compacto, de fácil leitura e muito simples de usar. Após a perfuração com duas ou, no máximo, três brocas, o implante já está instalado. “Aliado ao kit cirúrgico, ainda tem o implante cônico cone-morse Due Cone, de altíssima qualidade e alto poder de osseointegração. Os resultados são animadores, evidenciados com a realização de tomografias pós-operatórias que constatam a coincidência do posicionamento planejado com o posicionamento real. Dessa forma, podemos oferecer com muita segurança a cirurgia guiada aos pacientes, pois o resultado é bastante previsível”, adiciona.

Antonio Illanes afirma que o kit de cirurgia guiada da Implacil De Bortoli é intuitivo e econômico, preenchendo todas as necessidades para a execução do procedimento. O implante cônico cone-morse Due Cone possui geometria e tratamento de superfície de última geração, com conexão morse indexada e componentes protéticos de diâmetro reduzido, resultando em altos índices de osseointegração, eficiente desempenho biomecânico e preservação e incremento do espaço biológico. “A comparação de tomografias pós-operatórias com o planejamento virtual inicial mostrou alto grau de fidelidade nos resultados obtidos com esse sistema de cirurgia, otimizando as reabilitações protéticas sobre implantes dentários”, avalia.

Cesar Oleskovicz concorda: “estamos trabalhando com muito conhecimento adquirido ao longo de dez anos de utilização dessas técnicas. Os detalhes, as tolerâncias envolvidas e o curso de formação de credenciamento da Bioparts e da Implacil De Bortoli são parte de um todo que não pode ser fragmentado. Pular etapas ao utilizar materiais que não têm essa bagagem é um risco. Os resultados obtidos são ótimos, conseguimos replicar o planejamento virtual DentalSlice em praticamente todos os casos cirúrgicos de implantes cônicos Implacil De Bortoli”, finaliza.

Figura 1 – Guia cirúrgica. 

 

Figura 2 – Guia cirúrgica em posição.

 

Figura 3 – Instalação de implantes usando a guia cirúrgica.

 

Figura 4 – Kit cirúrgico Raptor Implacil De Bortoli.

 


REFERÊNCIAS
1. Moura RV, Kojima AN, Saraceni CHC, Bassolli L, Balducci I, Özcan M et al. Evaluation of the accuracy of conventional and digital impression techniques for implant restorations. J Prosthodont 2018 May 1.
2. Iezzi G, Vantaggiato G, Shibli JA, Fiera E, Falco A, Piattelli A et al. Machined and sandblasted human dental implants retrieved after 5 years: a histologic and histomorphometric analysis of three cases. Quintessence Int 2012;43(4):287-92.
3. Marão HF, Jimbo R, Neiva R, Gil LF, Bowers M, Bonfante EA et al. Cortical and trabecular bone healing patterns and quantification for three different dental implant system. Int J Oral Maxillofac Implants 2017;32(3):585-92.
4. Dos Santos MV, Elias CN, Lima JHC. The effects of superficial roughness and design on the primary stability of dental implants. Clin Implant Dent Relat Res 2011;13(3):215-23.
5. Aleo E, Varvara G, Scarano A, Sinjari B, Murmura G. Comparison of the primary stabilities of conical and cylindrical endosseous dental implants: an in-vitro study. J Biol Regul Homeost Agents 2012;26(1):89-96.


 

Paulo Cesar
da Cruz
Cesar
Oleskovicz
Antonio Abrunedo
Illanes

 

Na próxima edição de Boas escolhas – Implacil De Bortoli, conheça as melhores práticas para diminuir a incidência de peri-implantite.